Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2012

A mão e o chumbo

Há muito o que se dizer do escultor norte-americano Richard Serra. Em suas incursões no vídeo-arte, na década de 1960, Serra já provocava e deixava todos inquietos com sua arte industrial. No vídeo acima, de 1968, o artista filma a si mesmo enquanto tenta pegar folhas de chumbo que caem aleatoriamente. O foco não está no tempo, ou no sucesso das tentativas (que em alguns momentos é atingido), mas na repetição. A mão que pega a folha de chumbo, o metal que nessa forma não é pesado, mas leve, registra em sua mesmice intervalos físicos e temporais.
Os mesmos intervalos que dariam forma às impressionantes esculturas de Serra nos anos seguintes.

Decameron - MK27 [Crítica]

A Alameda Gabriel Monteiro da Silva têm uma dinâmica quase que constante no quesito de móveis, arte, arquitetura e design como, por exemplo, as Lojas Trousseaut e a Loja Art de Vie, entre diversos escritórios de arquitetos e decoradores paulistanos desde a década de 1970. Uma das mais novas aquisições arquitetônicas para a agradável região é a Loja Decameron projetado em 2011, pelo Studio MK27 de Marcio Kogan. Referências industriais foram utilizadas na materialidade construtiva da loja, já que o desejo do cliente Marcus Ferreira, um importante designer brasileiro, era um espaço convidativo e inovador, como ele mesmo diz, “surpreendente”.
         Mas, será que o projeto concluído atingiu as expectativas? Ele é realmente surpreendente, visto que o sistema construtivo – contêiner é bastante reutilizado e reinserido na arquitetura contemporânea?
         No Brasil, essa idéia de empilhar módulos de contêiners para criação de espaços e arquitetura é uma inovação, é surpreendent…

Casa Varanda [Carla Juaçaba]

Em meio a um pedaço de mata atlântica, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, uma casa de vidro paira a alguns centímetros do solo. A estrutura metálica, com pilares metálicos espaçados a cada 6 metros, definindo uma planta retangular cujos detalhes são os mais simples possíveis, não deixa dúvidas quanto à referencia "miesiana" (notavelmente da Casa Farnsworth). Carla Juaçaba, jovem arquiteta carioca formada a pouco mais de uma década, não esconde suas referências e inspirações, que transparecem em seus poucos projetos de grande força.          Se o exterior do edifício chama a atenção por suas similaridades com a obra do grande arquiteto alemão, é ao nos aproximarmos cada vez mais que podemos constatar o grande destaque do projeto: junções. Junções que delimitam massa e vazio, luz e sombra. Pela casa, em seus 24 metros de comprimento, corre de fora a fora uma clarabóia.


         A luz que entra por cima é o elemento que une todos os espaços, "desenhando" o …

Perma Frost 8

15/06/2008 -Fernando Gobbo Ferreira-

La Trufa [Ensamble Studio]

Um edifício construído de dentro para fora, cujo resultado final seria impossível de prever. Foi isso que o escritório espanhol de arquitetura Ensamble teve como objetivo nesse projeto experimental para uma casa em Laxe, província da Corunha.


         A idéia era simples, e dividida em três passos:          1º - criar uma massa que depois se tornaria o vazio da casa, em um buraco no terreno, utilizando feno;          2º - encher o buraco no terreno com concreto, tomando o cuidado dele preencher apenas o interstício entre feno e terra;          3º - após a cura do concreto, retirar a terra e deixar que uma vaca (chamada Paulina) coma o "recheio" de feno da casa.

         O resultado é uma arquitetura vernacular que esbanja criatividade.          Você passaria um tempo nessa casa?





         Mais imagens e informações, no site do escritório Ensamble, clicando aqui.          Confira outro projeto do escritório espanhol aqui no comoVER, da Casa Hemeroscopium, clicando aq…

Entrevistas com arquitetos feitas por estudantes

Já a bastante tempo, temos acompanhado um de nossos web-sites de arquitetura preferidos: o [ENTRE].          Idealizado por estudantes, para estudantes, o site se propõe a entrevistar arquitetos de diferentes escritórios e gerações de nosso país. As entrevistas são fantásticas, revelando fatos obscuros e curiosidades interessantes de nossa vida profissional, sob o olhar de quem está começando agora a carreira, e de quem atua a mais tempo.          Todas as entrevistas são destaque, mas nossa preferida, sem dúvidas, é a com o arquiteto João Filgueiras Lima , o Lelé. A conversa é, talvez, um dos testemunhos mais importantes desse grande arquiteto. Simplesmente uma leitura imperdível.
         A entrevista mais recente, publicada no último dia 4 de Maio, é com os arquitetos do escritório carioca Rua Arquitetos.
         Para acessar o site, clique no link em nossa aba lateral direita OQUEVER, ou clique aqui.

Serpentine Gallery 2012 [Herzog & de Meuron e Ai Weiwei]

Ontem foi revelado o design da Serpentine Gallery desse ano, a ocupar o espaço do Hyde Park de Londres durante o verão. O projeto, previamente descrito em fevereiro ( para ler, clique aqui), tem como objetivo revelar as estruturas de fundação dos 12 pavilhões dos anos anteriores.


         O projeto de 2012 ficou a cargo do escritório de arquitetura suíço Herzog & de Meuron e do artista plástico chinês Ai Weiwei.          Vale lembrar que uma regra da Serpentine Gallery foi parcialmente quebrada: apenas arquitetos que nunca projetaram no Reino Unido poderiam ser chamados para fazer a galeria. Herzog & de Meuron não cabem nessa regra, já que são responsáveis por projetos como o Tate Modern, dentre outros.          A justificativa foi que os suíços estão em parceria com Ai Weiwei, e os três juntos nunca projetaram algo em solo britânico.


         Com cara de sítio arqueológico, o pavimento inferior ficou com um aspecto cavernoso. Vamos aguardar a construção do pavilhão,…

Telas de ouro

Neste começo de mês, o site g1.globo publicou as 10 obras de arte vendidas com mais alto valor no ano de 2012. Essa lista de obras famosas são vendidas em leilão para colecionadores e apreciadores de arte, não importa o valor para adquirir essas telas de ouro.
A obra que lidera essa lista é o quadro "O Grito" de Edvard Munch - 1893, foi leiloada nessa última quarta-feira (02/05) pelo valor de US$ 119,9 milhões.
Segue abaixo algumas das 10 obras mais caras do atual mercado das artes:

"O grito", de Edvard Munch: US$ 119 milhões

 "Nu, folhas verdes e busto", de Pablo Picasso: US$ 106 milhões

 "O homem que caminha", de Alberto Giacometti: US$ 104 milhões

"Menino com cachimbo", de Pablo Picasso: US$ 104 milhões

"Retrato de Adele Bloch-Bauer II", de Gustav Klimt: US$ 87 milhões

"Tríptico, 1976", de Francis Bacon: US$ 86 milhões

"Le bassin aux nymphéas", de Claude Monet: US$ 80 milhões

" Portrait of Dr. Gach…

A utopia do 3D bonito e luminoso

Cross # Towers [BIG]
         Ontem, o escritório dinamarquês de arquitetura BIG (Bjarke Ingels Group), revelou sua proposta para uma torre residencial na cidade de Seoul (imagem acima).          Veja mais sobre o projeto das Cross # Towers, publicado pelo site ArchDaily, clicando aqui.
         É notável que, já a algum tempo, os renders vem se tornando ferramentas de muita importância na divulgação de projetos. Não é para menos: através de uma única imagem, o cliente pode visualizar o edifício já inserido na cidade, com texturas foto-realísticas. Através do uso do computador, uma cena é criada, ressaltando os valores do projeto congelado no tempo. Essa prática, que evolui a cada ano, com softwares cada vez mais potentes e imagens cada vez mais realistas, tem em escritórios de arquitetura um perigo grande: a criação de uma utopia.
China Comic and Animation Museum [MVRDV]
         A tentativa de gerar bonitos renders, que captem a atenção das pessoas e magnifiquem as características …